domingo, 20 de julho de 2008

POSTAGEM EXTRAORDINÁRIA

POR: FABIO DA SILVA BARBOSA
FOTOS: PRESERVAÇÃO NIT

Como sempre, as coisas mudam o tempo todo no mundo. A postagem de hoje, em caráter extraordinário veio para tratar de um assunto da máxima urgência e lançar uma importante pergunta. Até quando as comunidades indígenas serão massacradas pela maldita ganância dos povos “civilizados”? Quem procura se informar, já sabe do absurdo cometido pela burguesia, apoiada por um governo ausente e tendencioso e a infame especulação imobiliária, que vem deteriorando toda a cidade. Estamos falando do incêndio criminoso promovido contra os índios que ocupam um território, que segundo eles, os pertence, em Camboinhas, Niterói. Não podemos permitir que o verdadeiro povo Brasileiro (sem querer fazer aqui, uma exaltação patriótica sem sentido), seja jogado de um lugar para outro, a mercê de algo tão insignificante quanto o dinheiro. Isso sem falar no fricote de dondocas mimadas e play boys que não querem seu mundo perfeito e esterilizado sendo invadido por pessoas que ainda vivem tão próximo a natureza, quanto possível. Que ainda são humanas. Nós, seres conscientes temos de nos unir para apoiar essas pessoas que estão precisando de nossa ajuda.

MAIORES INFORMAÇÕES:

Um comentário:

EDDA disse...

Incêndio na aldeia

Como havia previsto:´a atrocidade foi consolidada.A pseudo elite de Camboinhas deve estar satisfeita,ignoravam a existência de crianças,uma escolinha onde eram alfabetizadas em português,as lindas pinturas os belos artesanatos cuja pequena renda fazia parte da sobrevivência,o fato de siquer perturbarem as grandes figuras moradoras em Camboinhas,nada foi considerado pelos imortais megalomaníacos.Lamentavelmente sou moradora deste bairro inóspito,onde meus vizinhos acharam absurdo quando coloquei cartazes em defesa dos índios ao lado de um poema de Brecht muito significativo.Como brasileiro não respeita o idoso, provavelmente minhas ações embora inglórias ,devem achá-las de insanidade. Eles pagarão, de uma maneira ou de outra,pagarão!!!!!!!!!!!!!!!!
Edda